DISCOGRAFIA

03. POR MINHA CONTA

(Letra e Música de Jorge Fernando)

 

Fiquei por minha conta
Mercê dum passo incerto
A culpa em mim se apronta
Ronda-me a alma por perto

 

Fiquei num olhar fundo
Perdido não sei onde
Só sei ceder-me ao mundo
Onde o meu ser se esconde

 

A noite é fria
Nebulosa bruma
Que me seguia
A parte nenhuma

 

Tudo é vazio
Na mão fechada
Cerra-se o frio
Não deu por nada

 

Fiquei ao fim de tudo
Num tudo sem ter fim
E a voz dum grito mudo
Anseia saber de mim


[x]