DISCOGRAFIA

11. QUEM VAI AO FADO

(Letra e Música de Jorge Fernando)

 

Quem vai ao fado meu amor
Quem vai ao fado
Leva no peito algo de estranho a latejar
Quem vai ao fado meu amor
Quem vai ao fado
Sente que a alma ganha asas quer voar
Sempre que entristeço e a nostalgia cai em mim
Ouço de tão longe estranha voz por mim chamar
É um canto doce mavioso ou coisa assim
Logo a minha alma faz-se voz e quer cantar
Bálsamo bendito a esta terra quis Deus dar
Mais vale cantar do que chorar
Sempre que radioso o coração se agita em mim
Num impulso alegre a felicidade vem morar
Abandono a voz no Mouraria porque assim
Sei que o coração quer à guitarra forma dar
Bálsamo bendito a esta terra quis Deus dar
Mais vale cantar do que chorar


[x]